terça-feira, 13 de janeiro de 2009

(Minhas) Primeiras impressões do novo Prince of Persia

E a Ubisoft mudou da água pro vinho com o novo príncipe das arábias. Não que esteja estranho, longe disso, está apenas, humm, diferente. Ou excêntrico, como prefiram, mesmo conceito que o consagrado da arte "Okami" recebeu.

Será que são os gráficos em cell-shading que causam essa impressão ? O fato é que o visual cartunesco realmente dá um ar inovador pra coisa. Parece que revitaliza a série ou a diferencia da concorrência. O novo game da Ubisoft, que não tem nenhuma relação com a trilogia anterior, prova que é possível ser diferente sem ser chato ou boçal.

Desta vez, o herói conta com a ajuda da parceira Elika, que, particularmente, foi a carta na manga da Ubisoft Montreal : a interação entre os dois personagens é incrível. Interação que digo é tanto a ativa, em que temos de apertar certos comandos para acionar a ajuda da companheira, como a passiva, em que simplesmente apreciamos os diálogos entre os dois personagens, com excelente dublagem. A história, aliás, não seria nada sem eles : tudo é explicado pra gente através da comunicação entre os dois heróis, além das cut-scenes (em tempo real) sensacionais.

Ainda não passei por muitas lutas, mas, pelas poucas que tive, percebi que elas estão realmente mais "profundas", termo que a própria Ubisoft utilizou para divulgar o game antes do lançamento. Os botões, se apertados na sequência correta dos combos, desencadeiam uma série de movimentos acrobáticos que agradam os olhos de quem vê. É um verdadeiro colírio : o príncipe salta, desce com espadada, utiliza o corpo do inimigo para tomar impulso e retorna com outro golpe, por aí vai. E tudo isso intercalado por cenas de ação em câmera lenta, muito legal. Não vi nada de "combates chatos", como li por aí. So far, so good.

O game empolga marinheiros de primeira viagem, pois é relativamente fácil (pelo menos até onde cheguei) e os comandos são bastante amigáveis. Há muita exploração e itens escondidos para os que gostam de longevidade. Vale a pena conferir !

Abrátzo

5 comentários:

Galeone disse...

E ae Brunêra (com a nova regra esse circunflexo inventado nem vai estar mais aí hhueuhea)...curti o novo Prince também, peguei no PC....nem te vi mais na Live pô...sumido..

Grande abraço

Jorge Pakkii disse...

E ae cara!! Quanto tempo! Tá sumido do MSN, hehe. Entao, PEGUEI MEU PS3 WAAAAAH

Ainda nao to com a TV LCD pq talvez eu viaje para o Canadá nesse primeiro semestre, entao nao valeria a pena pegar agora. Mas to com 6 jogos: LittleBigPlanet, MGS4, GTAIV, Resistance, Uncharted, FIFA 09.

LBP é SENSACIONAL, na minha opiniao. Tipo, nao tem uma coisa em especial, nao é fodao-like, mas é muito envolvente. Envolvente é a palavra. Quero logo entrar na PSN pra baixar umas fases muito interessantes que já vi na internet, mas agora nao to em casa.

E vc, pegou o que além de PoP? Amanha ou sabado vou entar entrar na PSN, passa seu id. aeaeae, muito animado aqui, ahuhauhauhauhau.

Aliás, o PS3 MGS edition é LINDO. E a caixinha da ediçao especial do jogo é beem bonita tbm, mais do que eu esperava.

Abraço cara, té mais.

Jorge Pakkii disse...

Ah, e pegou Fallout afinal?

Guilherme Giuntini disse...

Quem diria, de uma pequena poção a uma imensidão de gráficos e texturas, é a evolução dos games está mais perto do que parece. Muito bom o post, este game continuará com o seu sucesso, mas ainda existem melhores, mas continuo dizendo que este jogo pode ser um dos melhores do ano. Isso se Kratos do God Of War, não aparecer ^^

Abraço brands..

Adonis kill disse...

é punha, vc sabe que eu não gosto do grafico estilo desenho pois fica mal feito, na minha opinião aquilo não se parece em nada com desenho. Mas por outro lado, pelo pouco que joguei na sua casa, parece um jogo divertido.