segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Momento didático - "Brigado eu" ?

Ah, não vou deixar pra mais tarde aquele exemplo do Jô Soares não. Vou postar agora.

Acho que o título já sintetiza : "brigado eu". Assim que acaba de contar uma piada ou se despede de alguém que agradece, o Jô replica com o disseminado e popular "brigado eu", todos os dias em seu programa.

A primeira citação gramatical do meu blog começa aqui, pessoal. Ainda há muitas coisas que precisam ser aprendidas e exploradas ao pé da letra para desvendar as nuanças da língua portuguesa, que é considerada por muitos como "o terceiro idioma mais difícil do mundo".

De fato, o português não é fácil. Agrega várias funções e tipos gramaticais que são defendidos por alguns e criticados por outros. Muitas vezes, um mesmo termo pode ser usado de duas maneiras possíveis, duas maneiras corretas (ou mais) em diferentes contextos.

Só que existem alguns que devem ser deletados de nosso glossário cotidiano, que é o caso do "brigado eu". Por favor, me expliquem esse termo. Engraçado que sempre pesquisei pelos termos que julgo incorretos ou duvidáveis e nunca acho algo muito concreto pela internet, somente consultando os ardorosos sábios para saber.

Mas vamos lá : "brigado eu". A quem você está agradecendo ? A si mesmo ? Se ao menos houvesse um artigo intercalando o "brigado" e o "eu" para ficar algo como "brigado a eu", seria MENOS PIOR, mas ainda ERRADO.

O jeito certo de falar/escrever é "obrigado a você", e tá explicado na própria frase ! A intenção é agradecer de volta a quem te disse "obrigado", e é claro que o "eu" logo vem à mente nesta hora, porque "eu é que digo obrigado", não é verdade ? Aí sai o "brigado eu", que não tem concordância nenhuma. E sabem que costumo ouvir isso nos lugares menos prováveis ? Engraçado que em lugares humildes, que ninguém "bota fé", eu ouço o termo certo.

A idéia é falar obrigado ao próximo, logo, "obrigado A VOCÊ" ! "Obrigado à senhora" ! "Obrigado" a quem quer que esteja na sua frente, e não a você mesmo, não "brigado eu".

Minha dica ? Na dúvida, use "eu é que agradeço". É absolutamente aceitável e gramaticalmente correto.

É, Jô Soares fala "brigado eu" diariamente em seu programa. Assistam que vocês vão ver, ou melhor, ouvir.

Abrátzo,

Bruno.

8 comentários:

ja_meira disse...

fala brunao!!!
ve como ficouai
abraços

Bruno Iunes disse...

Só podia ser o Brandão mesmo com essa tal gramática...hehe..mano, boa sorte, vc me inspirou mesmo haha..ta mto louco..abração

Samuel Cabral disse...

Sem agressividade o cara.....to zuaaaando!!!
Parabéns pela iniciativa, toda publicação informativa ou melhor construtiva, deve sempre ser elogiada, principalmente sendo bem-feita, não como eu faço! hahah.
Não que games sejam construtivos né, só boiolas curtem....to zuaando! hahah
AH to vendo Jô!! Até agora nada do "Brigado eu" hahah
Abrátzo!

Adonis kill disse...

Esse é o Bruno, grande amigo e um editor de primeira, sempre que dizemos algo errado ele está preparado para corrigir e explicar o motivo com um milhão de argumentos, há vezes que eu digo "lá vem vc" hauahuahuahuhaua

Mas é isso ai Punhaaaaaaaaaa

o Jô é uma pessoa admirável, mas o brigado eu esta sempre lá.

PS: hauhuahuahauha o engraçado é que já falamos do "Brigado eu" lembra?? vc veio me perguntando... háhá, mas eu nunca falo Brigado eu, na verdade eu nunca agradeço de volta. hauahuhauhaua

Anônimo disse...

Fala, Bruno !! O Cleber que vai gostar desse "obrigado eu". Ele odeia esse termo. Tá ótimo seu blog. Bj. Ivana.

***Lita*** disse...

(Palmas) Muito bom!!!! É foda ouvir certas coisas. Chega a doer nos ouvidos. Até o Chaves diria melhor: "Não tem por onde!" Huahuahuahuahua!!! Meu, amei o texto, muito bem escrito. E vc sabe que eu nunca reparei no Jô falando isso? Mas eu nem sou de assistir muito, odeio aquele gordo viado (não é agressividade, é força de expressão, tá?) e passa muito tarde tbm. Bom, continue assim! O blog tá muito bom!

Beijos!

Ana Sandra disse...

Aê, Brunão

Muito legal esse seu blog.

Olha, o "brigado eu" dói mesmo nos ouvidos. Ainda mais falado pelo Jô que, teoricamente, é um cara culto, informado etc.

Também perfeita essa sua idéia de colocar informações de gramática num blog de games que, pelo seu teor, atrai a moçada, claro. E o melhor é que vc fez isso de uma maneira não pedante ou chata.

Parabéns e sucesso !
Ana Sandra

Eliane disse...

Oi, Bruno
Sou amiga da sua mãe e sua colega de faculdade.
Tenho 3 filhos homens e vou indicar seu blog a eles, que curtem games.
Fico orgulhosa por tabela por você ser um jovem interessado no bem falar e bem escrever a nossa língua pátria, coisa difícil nos dias que vivemos.
Muito legais suas dicas práticas, num linguajar acessível aos jovens.

Um grande abrátzo!
Eliane Gonçalves