sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Grotesco espacial

Além de "Jason X", não vi nada por aí que fosse uma espécie de "terror no espaço" tão grotesco quanto o game de terror da EA que acabou de sair, o "Dead Space".

Aliás, a EA, que é a gigantona softhouse de games - mas LONGE de ser a melhor - acabou de inaugurar um feito inédito com Dead Space : entrou no ramo dos jogos de horror.

Eu, particularmente, não curto a EA. É arrogante, tem mania de querer comprar todas as franquias para colocar o logozinho enjoado da "EA" na capa e produz games que, quando bem feitos, não saem do patamar medíocre. EA Sports...aí vem aquela sacola com tantos títulos de esporte que você nem sabe por onde começar. E ela, cheia de orgulho que é, vem falar do "Fifa, fifa, fifa...que o Fifa é isso, é aquilo"....sabendo que nenhum game de futebol consegue tirar a soberania de Winning Eleven. Vai, Konami !

Por isso que fiquei meio preconceituoso quanto ao lançamento de Dead Space. Como sou adepto do gênero, resolvi dar uma chance ao dito cujo e estou louco para experimentá-lo. Afinal de contas, como é que se explica, biologicamente, a espécie de uma criatura dessas (da imagem ao lado) ? Depois que eu tiver uma sessão de jogatina particular com o game, colocarei aqui no blog minhas impressões.

E o enredo, apesar de superficial, desperta a curiosidade. É simples : você é um engenheiro espacial que está freelando numa nave, aí recebe um pedido de socorro de outra embarcação. Quando chega lá, se depara com os alienígenas mais horrendos já catalogados. Precisa de mais alguma coisa ? É puro pretexto para a bacia de sangue que jorra à vontade no game...

Ah, e dá pra desmembrar partes do corpo. Quer tirar aquele alien chato do seu encalço ? Hehe, é só picotar as duas pernas que tá resolvido.


Se desse pra eu fazer isso com certos clientes de onde trabalho...



Abrátzo

2 comentários:

Anônimo disse...

ahuahauhauah
fala aí bruno......
ficou muito bom seu blog, parabéns!!!!
bem a sua cara!!!!
a gente se tromba no trampo.....
Ale!!!

Segundo disse...

Hey, não julgue o enredo antes de jogar! Conhece Half-Life? Ninguém diria que um jogo com o personagem principal mudo teria a melhor história de todos os FPS. E se não me engano, o engenheiro tem uma namorada na nave. Por isso ele parte pra "aventura". Ou eu posso estar enganado. Sempre me engano...

Abraço!

Segundo