quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Momento didático - "Falta duas coisas pra resolver por causa que não deu tempo"

Eis mais um dilema ouvido todos os dias por nossos sábios ouvidos. Esse aí prega peças até no Pasquale, celebridade do português, tradicionalista da gramática.

E o instinto fala mais alto de novo. Parece que é automático : o verbo "faltar" no singular, nesse caso, é só um exemplo de vários trechos em que o verbo em questão fica erroneamente no singular. Já ouvi : "ou, falta coisas pra fazer, hein" e "você não vai repôr os produtos que está faltando?".

Seria absolutamente correto se eu colocasse o verbo que vem depois ("fazer") antes do substantivo ("coisas"). Calma, vou descomplicar com um exemplo da forma correta. Vejam só : "falta resolver duas coisas". Voalá ! Resposta exata. O "resolver" veio logo em seguida, antes de "duas coisas".

Se você quiser mudar a ordem das palavras, então deve flexionar o verbo para o plural a fim de concordar com o sujeito ("duas coisas"). Descomplicando, fica assim : "faltam duas coisas pra resolver". É simples : o "faltam" está concordando com "duas", que é plural e veio antes. Simples e complexo.

Só que eu não resolvi por causa que não deu tempo. Ixi...aí eu nunca resolveria mesmo. Esse "por causa que" é um vício de linguagem proferido diariamente por todos nós, voluntária ou involuntariamente. O problema é que é pleonasticamente errado ! Tire o "causa", use "porque" e seja feliz.

"Porque" é a conjunção explicativa ou causal, é o que deve ser usado. "Faltam duas coisas pra resolver porque não deu tempo". Ufa ! Você até pode usar a palavra "causa", mas esqueça o pronome "que", então. Aí ficaria algo do tipo : "faltam duas coisas pra resolver por causa do tempo, não deu ainda". Nunca use o pronome "que" depois de "causa". Delete o "por causa que" do glossário e troque por "porque". Simples assim.

E realmente faltavam duas coisas pra resolver porque não havia tempo.

Não há combinação entre pressa e perfeição, oras. Melhor nem fazer se não fizer direito.


Ou fazer uma coisa de cada vez...




Abrátzo

6 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, ficou muito bom esse "momento didático" do por causa que, pois é impressionante como as pessoas incorrer nesse erro.

Valeu pela modo claro, direto e sem frescuras que você usou para explicar todo o lance.

Virei fã desses momentos. Valeu !

Carlos Henrique disse...

Meu, sempre achei a Gramática um porre ! Mas agora com essas dicas da hora que você vem dando, estou até curtindo, sacou ?

Ah, tô também aprendendo, tá ligado ?

Valeu, cara !

Anônimo disse...

Vai fazer letras, huehuehaue - guz

Ana Carla Pereira disse...

oi bruno, tudo bem????

nao sei se vc lembra de mim, sou a amiga carioca do samuel, estava no começando do ano passando um tempo em SP e ele me apresentou vc hehehe

bem, adorei esse seu post, tb curto esse lance de gramatica....mas a gramatica nao vai mto com a minha cara hehehehe

beijos

sandro disse...

Brunão!!!!
Vc é Foda!!!
Game,ditongo,game,!!!,game,^^^^,game,~~~~,game,@@@@ e etc

Setzer Wolf disse...

Em portugues noiz é rui mas em matematica eu destroio^^. Gostei muito do blog, achei fantástica essa mistura de blog de games com português. Vou aproveitar para ver se aprendo algo tb^^